domingo, 29 de abril de 2012

Extrasistoles

Extra-Sístoles


Mas o que será isto? Extra-Sístoles?É perigoso?




A presença de uma irregularidade do pulso, ao exame clínico, implica sempre o diagnóstico de exclusão de uma extra-sístole.

Extra-sístole é, por definição, um batimento precoce (ou prematuro), tomando-se como relação o batimento precedente. Logo após o encurtamento do ciclo cardíaco produzido pela extra-sístole, geralmente ocorre uma pausa compensatória, sendo esta, frequentemente, sentida pelo paciente.

A extra-sístole é a arritmia mais comummente observada durante o exame físico de rotina. Pode ocorrer em coração normal ou na vigência de diversas cardiopatias mostrando, assim, o quanto é baixa a especificidade do seu achado, sendo, portanto, o seu prognóstico variado.

Na verdade, as extra-sístoles não são perigosas, apesar de assustarem bastante ( sei o que digo, eu sinto-as e fico com muito receio ), falando em mim....

A minha história é por si uma batida precoce, calculada ao pormenor num ritmo descompensado! As minhas extra-sístoles começaram há uns meses, no dia da entrega do relatório para um projeto de uma cadeira lá na faculdade. Primeiramente senti "um sufoco", seguido de uma batida "extra" e de uma pausa compensatória. Assustei-me! A seguir a esta, veio um número enorme que não sei precisar, sei apenas que me pôs num estado de melancolia constante. Avançando, porque o que vocês procuram é informação sobre esta matéria e não histórias pseudo dramáticas! Bem, passadas umas semanas continuei com as tais extra-sístoles, marquei uma consulta num cardiologista bem conceituado e esperei.... esperar dói, eu sei!

O dia da consulta....

Chegou a hora, 19h e poucos minutos, era assim que o meu relógio contava o tempo...segundo a segundo, palpitação a palpitação libertava-se a minha ansiedade até o surgimento do gesto que abriria a porta para o diagnostico. Entrei, pousei bem o pé direito e avancei, com um sorriso no rosto enfrentei o homem de branco que se intitulava de especialista. Após uma longa e cuidadosa conversa, onde pode mostrar o meu holter de 24h que apresentava extrasistolia ventricular e duas extra-sísteles supreventriculares, ouço "tome este medicamento 3 vezes ao dia"...tratava-se de um betabloqueador, o inderal 40mg com propranolol como substância ativa!

mas será que passou?

2 comentários:

  1. Bom dia Ricardo,

    Suas extras-sístoles ainda continuam?
    Quantas apareceram no holter?
    Continua tomando medicações? Resolveram?

    Muito obrigado.

    ResponderEliminar
  2. Olá Valter,

    No holter apareceram poucos, mas a verdade é que as sinto. Deixei de tomar a medicação porque não vi melhorias significativas.

    ResponderEliminar